ENEM 2016 INCRIÇÃO – ENEM.INEP.GOV.BR/ESTUDANTE – Saiu uma publicação do MEC informando que foi registrado ontem de manha mais de 2 milhões de inscritos para o Enem 2016, que tem como finalidade analisar a qualidade de Ensino no Brasil e para os estudantes poderem entrar em programas que oferecem bolsas de Ensino Superior, dependendo das notas os alunos poderão se inscrever no Prouni, Sisu ou Fies. Lembrando que os interessados em participar deverão acessar o site enem.inep.gov.br/estudante e realizar o cadastro até o dia 20 de maio de 2016, não perca essa oportunidade, faça agora sua inscrição e se prepare para as provas que serão aplicadas nos dias 5 e 6 de novembro de 2016.

Enem 2016

Aproveite os programas que o governo está oferecendo como a Hora do Enem, Mecflix, Plataforma de Estudo para os que estão no último ano do Ensino Médio é totalmente gratuito, mas os demais terão apenas duas ferramentas de estudo que é o Simulado e Outras Aulas.

O QUE É NECESSÁRIO PARA REALIZAR A INSCRIÇÃO DO ENEM 

1 – Você precisa acessar o site oficial enem.inep.gov.br/estudante

2 – Informe o número de telefone, fixo ou celular, válido. Cadastre o seu e-mail.

3 – Para sua segurança o sistema cria perguntas e respostas para o acesso e sem falar no número do CPF e a data de nascimento que deve estar de acordo com os dados registrados na Base da Receita Federal.

4 – Não podemos deixar de falar da taxa que subiu R$ 3, ou seja, o aluno que não está isento, deverá pagar a taxa que se encontra no valor de R$ 68. O que facilitou essa edição foi efetuar o pagamento, pois poderá ser pago em bancos, lotéricas e caixas eletrônicos.

Esse ano de 2016 a expectativa é de mais ou menos 8 milhões de inscritos, sendo 2,2 milhos de estudantes que estão no último ano do Ensino Médio. Falando nos isentos do pagamento da taxa serão aqueles concluintes da edição de 2016, matriculados na escola da rede pública, também os que declaram carentes.

Uma observação deve ser feita que os isentos que não comparecerem perderá em outras edições o benefício a não ser que tenha uma justificação da falta. Isso serve também para o ano anterior, ou seja, aqueles que não foram realizar as provas do Enem deverão esse ano justificar a sua falta no campo especifico no ato da inscrição.